UOL Notícias Notícias
 

07/04/2009 - 09h55

Itália: Ministro da Saúde vai a região de terremoto avaliar situação de hospitais

ANSA
ROMA, 7 ABR (ANSA) - O ministro italiano do Trabalho, da Saúde e das Políticas Sociais, Maurizio Sacconi, participará nesta terça-feira de reuniões com autoridades da região de Abruzzo para examinar as condições dos edifícios hospitalares e tratar de problemas de atendimento sanitário causados pelo terremoto que atingiu o local na madrugada de segunda-feira.

Em nota, o Ministério afirmou que Sacconi discutirá também novas medidas para auxiliar a população atingida pelo tremor, que poderão ser incluídas em um decreto-lei que será apresentado pelo Conselho de Ministros na quinta-feira.

A região de Abruzzo, localizada no centro da Itália, foi atingida por um terremoto de 5,8 graus na escala Richter às 3h32 da madrugada da última segunda-feira (22h32 de domingo, no horário de Brasília).

Segundo informações da Defesa Civil, até o momento o número de mortos chega a 179. O primeiro-ministro do país, Silvio Berlusconi, disse hoje, porém, que as vítimas fatais já são 207.

Na cidade de L'Aquila, epicentro do terremoto, o premier concedeu uma entrevista coletiva na qual informou ainda que há mais de 1.000 feridos, sendo 100 em estado grave, e que 150 pessoas foram retiradas dos escombros com vida.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h19

    0,40
    3,292
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h30

    -0,52
    62.928,05
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host