UOL Notícias Notícias
 

13/04/2009 - 16h25

Itália: Máquinas começam a retirar escombros em L'Aquila

ANSA
L'AQUILA, 13 ABR (ANSA) - Embora o encerramento das buscas por sobreviventes não tenha sido anunciado oficialmente, escavadeiras já começaram a trabalhar para remover os escombros na cidade de L'Aquila, epicentro do terremoto ocorrido há uma semana que matou 294 pessoas no centro da Itália.

Com o uso de equipamentos mecânicos, as autoridades locais esperam agilizar os trabalhos para reconstruir os municípios da região de Abruzzo atingidos pelo tremor, que marcou 5,8 graus na escala Richter.

Na semana passada, foi informado que as operações de resgate durariam até hoje, quando são encerradas as festividades da Páscoa na Itália. Nenhuma confirmação oficial, porém, foi feita até o momento.

Quase uma semana depois do abalo, o centro histórico de L'Aquila, que é a capital de Abruzzo, continua intransitável para carros e pedestres devido ao volume de detritos que se acumulam nas ruas. As operações para a retirada do entulho começaram a ser realizadas em L'Aquila e serão depois estendidas às cidades próximas.

Atualmente, 25.050 pessoas permanecem em abrigos oferecidos pela Defesa Civil, onde foram instaladas 4.175 barracas, com 39 cozinhas e 1.396 banheiros. Outros 21.221 desabrigados seguem hospedados em hotéis da região.

Os grupos de voluntários, cuja presença e atuação foram elogiadas por autoridades do país, mantêm dez cozinhas em atividade e servem aproximadamente 9.500 refeições por turno. Além disso, os seis postos médicos da Cruz Vermelha prestam atendimento em cerca de 4.500 leitos.

Mais de 50 mil pessoas perderam suas casas por causa do terremoto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h29

    0,36
    3,291
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h32

    -0,50
    62.938,07
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host