UOL Notícias Notícias
 

23/04/2009 - 10h11

Senadores italianos pedem fim de embargo a Cuba

ANSA
ROMA, 23 ABR (ANSA) - O Senado italiano aprovou hoje por unanimidade uma moção bipartidária que pede a retirada do embargo dos Estados Unidos a Cuba, imposto em 1962, e solicita que o governo da Itália trabalhe "para apoiar todas as iniciativas com este propósito".

Em contrapartida, os senadores defendem também que a Itália exija das "autoridades cubanas a libertação dos numerosos prisioneiros políticos detidos em prisões de Havana".

A moção ressalta ainda a necessidade de empenho do governo em promover "uma coordenação da ação política da União Europeia (UE) pelo fim do bloqueio e por uma política de cooperação e amizade pelo desenvolvimento da democracia em Cuba".

Após a aprovação, o senador Pietro Marcenaro, do Partido Democrata italiano (PD, de oposição), declarou que o fim do embargo econômico sobre a ilha, vigente há 47 anos, "não é um evento importante apenas do ponto de vista humanitário, mas também é uma evolução positiva das relações internacionais e irá abrir novos caminhos para o futuro da democracia no país caribenho".

"O texto parte das novas diretrizes da administração norte-americana, de [Barack] Obama, e das novas condições geopolíticas internacionais", explica o parlamentar.

Na última semana, Obama reiterou a disposição de seu país a "reformular" as relações com Cuba, esclarecendo que este processo não seria imediato e que o governo cubano também deveria estar disposto a mudar.

Ontem, a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, ratificou esta intenção, mas esclareceu não ter recebido "nenhum sinal" de Havana. "Estamos dispostos a dialogar, mas ainda não sabemos se os cubanos também estão".

Sobre o embargo imposto por Washington à ilha caribenha, Hillary afirmou que a Casa Branca respeitaria uma eventual decisão do Congresso de suspendê-lo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host