UOL Notícias Notícias
 

14/05/2009 - 19h21

Bolívia enviará documentos para que o Peru reveja concessão de asilos

ANSA
LA PAZ, 14 MAI (ANSA) - O ministro das Relações Exteriores da Bolívia, David Choquehuanca, disse hoje que enviará ao Peru mais documentos para que o país possa rever sua decisão de conceder asilo a três ex-ministros bolivianos que são acusados de crimes de lesa-humanidade.

"Estamos convencidos de que, ao ter acesso a toda esta informação, o governo peruano revisará sua posição", disse o chanceler.

Segundo ele, com tal atitude, a Bolívia demonstra que está disposta a "manter e construir relações positivas" com o país vizinho.

Choquehuanca reiterou que o benefício, concedido a Mirtha Quevedo, Javier Torres Goitia e Jorge Torres Obleas "põe em risco as relações de irmandade" entre Bolívia e Peru.

Os três políticos são acusados em seu país por crimes de lesa-humanidade cometidos em 2003, quando 66 pessoas foram mortas em meio à repressão policial de manifestações contrárias ao governo do ex-presidente Gonzalo Sánchez de Lozada.

Ontem, o presidente da Bolívia, Evo Morales, voltou a criticar a postura do governo de Lima e ameaçou suspender as relações diplomáticas entre os dois países.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host