UOL Notícias Notícias
 

21/05/2009 - 12h59

Em Mônaco, Massa volta a ter esperanças e se diz otimista

ANSA
MÔNACO, 21 MAI (ANSA) - O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, disse estar otimista com o Grande Prêmio de Mônaco do próximo domingo, após ter ficado na quinta colocação hoje nos primeiros treinos livres.

"Antes eu não gostava desse circuito, hoje, por outro lado, gosto muito", comentou o piloto após os treinos de hoje. Na primeira sessão, Massa ficou com a segunda posição, somente atrás do também brasileiro Rubens Barrichello, da Brawn GP.

O piloto da Ferrari lembrou que na temporada passada conseguiu fazer a pole position no circuito. "Hoje senti logo que as coisas iam bem. Evidentemente conheci melhor a pista. Não será fácil fazer a pole, mas espero conseguir brigar por ela", destacou.

O brasileiro se disse satisfeito com o resultado do dia. "É difícil falar das melhoras, hoje houve uma disputa entre várias equipes. Estamos entre os primeiros e isto é um bom sinal". Massa destacou ainda que os pneus macios renderam melhor, "mas os traseiros sofreram um pouco depois de dez voltas".

Sobre o desentendimento que teve com o piloto italiano Giancarlo Fisichella, da Force Índia, Massa disse apenas que "ele deve entender que aqui é Mônaco. Encontrei um piloto parado na minha frente e freei. Ele teve que fazer o mesmo e reclamou comigo", explicou o brasileiro, provocando em seguida: "ele quer a pista toda para ele?".

Em seu pior início de temporada, a Ferrari recupera seu ânimo em Mônaco, onde Massa subiu ao pódio em 2007 e 2008. No domingo, a escuderia italiana entrará nas pistas com mudanças em seu modelo F60, que promete melhorias no desempenho.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host