UOL Notícias Notícias
 

03/06/2009 - 19h31

Berlusconi nega possibilidade de vender Alexandre Pato

ANSA
ROMA, 3 JUN (ANSA) - O primeiro-ministro italiano e proprietário do Milan, Silvio Berlusconi, negou hoje a possibilidade de que seu time venda o brasileiro Alexandre Pato, diante das especulações da imprensa inglesa de que o jogador estaria na mira do Chelsea.

Após os rumores sobre Kaká, que poderá ser transferir ao Real Madrid, o clube inglês teria ido atrás de Pato. Segundo o tablóide The Sun, o Chelsea ofereceu 30 milhões de libras (cerca de R$ 96 milhões) pelo atacante.

"Absolutamente, não", respondeu Berlusconi, ao ser questionado sobre tal possibilidade. Por outro lado, o agente do jogador, Gilmar Veloz, afirmou que não há garantias de que Pato continue na Itália.

"O Milan deve decidir a situação de Pato. Ficamos empolgados com o interesse do Chelsea, mas apenas o Milan deverá decidir", explicou o empresário.

"Pato tem um contrato com o Milan. Mas, se o clube quiser fechar um acordo com o Chelsea, estaremos à disposição para discutir", afirmou.

Em agosto de 2007, o clube italiano desembolsou cerca de R$ 38 milhões pela compra de Pato, que atuava no Internacional de Porto Alegre.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host