UOL Notícias Notícias
 

08/06/2009 - 08h54

Colômbia: Uribe diz ser alvo de ataque de guerrilheiros das Farc

ANSA
BOGOTÁ, 8 JUN (ANSA) - O presidente colombiano, Álvaro Uribe, disse ontem ser alvo de um plano de ataque das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), mas afirmou que não irá "se assustar" com as ameaças da guerrilha.

"Esses bandidos vêm dizendo que é preciso assustar o presidente, que é preciso assassinar o presidente da República, porque cada vez que há um incidente em Neiva o presidente da República imediatamente vai ao departamento de Huila", disse Uribe ontem em uma mensagem de rádio.

A cidade de Neiva é capital do departamento (estado) de Huilla, onde soldados e integrantes das Farc se enfrentaram no último mês, em uma ação que deixou pelo menos quatro efetivos da polícia mortos.

"Que eles procurem onde se esconder, porque não sabem a perseguição institucional que os aguarda", acrescentou o presidente.

Uribe também aumentou ontem para 500 milhões de pesos (cerca de R$ 470 mil) a recompensa que seu governo oferece por informações que permitam o resgate do vereador Armando Acuña, do município de Garzón, também localizado em Huilla. Ele foi sequestrado no fim do último mês por supostos integrantes das Farc, que tentavam levar um grupo de 15 parlamentares.

"Nos ajudem a capturar estes bandidos", disse Uribe, que iria viajar a Garzón, mas não pôde devido ao mau tempo. Na região, ele pretendia realizar um conselho de segurança, com autoridades locais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h20

    0,24
    3,137
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host