UOL Notícias Notícias
 

25/06/2009 - 19h49

Lugo reitera que Paraguai 'não cederá' em relação a Itaipu

ANSA
ASSUNÇÃO, 25 JUN (ANSA) - O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, reiterou hoje que seu país "não cedeu e nem cederá" nas negociações para lograr a revisão do Tratado de Itaipu, por meio da qual pretende obter sua "soberania energética".

"O Paraguai não cedeu e nem cederá em sua legítima reivindicação de soberania sobre a energia que lhe corresponde, gerada em Itaipu", disse o mandatário, que falou em um seminário sobre o tema.

"Itaipu é a consciência cidadã que está crescendo e que é nossa, de todos os paraguaios", ponderou.

Lugo citou o exemplo do Panamá, que "levou 74 anos para recuperar a soberania sobre o canal que atravessa o país". "Nós, aos 35 anos, começamos a balbuciar nossos desejos e justas reivindicações", complementou.

O Tratado de Itaipu estabelece a divisão, em metades iguais, de toda a energia gerada na hidrelétrica construída sobre o Rio Paraná, cuja gestão cabe a Brasil e Paraguai. A usina é a maior do mundo e produz 90 milhões de MWh/ano.

Conforme os termos do acordo, assinado em 1973, o Paraguai é obrigado a vender o excedente da energia que não consome (cerca de 40% de sua cota) ao Brasil e por um preço pré-estabelecido. A ideia de Assunção é conseguir uma mudança que lhe permita fazer negócio com outros mercados.

Durante a campanha para as eleições, Lugo fez da "recuperação da soberania energética" uma de suas principais bandeiras, mas o diálogo com o governo brasileiro tem sido complicado.

"A reivindicação de nossa soberania é a causa nacional que deve ser construída na vitória do povo paraguaio sobre o atraso econômico e social", afirmou ele.

Em maio, Lugo veio ao Brasil para tratar do assunto, mas não obteve sucesso no encontro com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Os dois voltarão a se reunir no fim de julho, desta vez no Paraguai.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h00

    0,32
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h04

    1,73
    63.749,33
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host