Primeiras-damas do G8 terão direito a personal shopper

ROMA, 6 JUL (ANSA) - Cerca de 40 'personal shopper' ficarão disponíveis para as primeiras-damas que acompanharão seus maridos na 35ª Cúpula do G8, que ocorrerá entre quarta e sexta-feira desta semana na cidade italiana de LŽÁquila.

Os profissionais são diplomatas poliglotas da entidade italiana Federabbigliamento, que integra a associação comercial Confcommercio de Roma.

"Esta é a ocasião para demonstrar a capacidade profissional dos nossos diplomatas. Os nossos personal shopper falam as principais línguas da União Europeia", explicou o presidente da Federabbigliamento, Roberto Polidori. Segundo Polidori, o uso de especialistas em compras está se tornando um sucesso no país. No dia 8, dia em que começa a cúpula dos líderes do G8, os profissionais prestarão serviços gratuitamente.

Para o presidente da entidade, "a honra de ter como clientes as representantes femininas dos países mais importantes do mundo. Não será só uma experiência inesquecível para os personal shopper, mas será, principalmente, uma ocasião para a Itália mostrar ao exterior a elegância da nossa moda e dos nossos serviços".

A Cúpula do G8 reunirá os líderes de Estado e de Governo dos Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Japão, Itália, França, Reino Unido e Rússia (membros do grupo), além dos representantes dos emergentes Brasil, China, Índia, México, África do Sul e Egito.

Outros países, como Indonésia, Dinamarca, Turquia, Angola, Etiópia, Nigéria, Líbia, Senegal, também acompanharão as discussões do encontro.

Entre os assuntos que devem ser abordados estão a crise econômica mundial, o livre comércio, a Rodada de Doha e as mudanças climáticas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos