UOL Notícias Notícias
 

27/07/2009 - 09h15

Gripe A: Italiano morto na Argentina já estava com o vírus quando foi internado

ANSA
BUENOS AIRES, 27 JUL (ANSA) - Giulio Masserano, o primeiro cidadão italiano a morrer da gripe A (H1N1) na Argentina, já estava infectado quando foi internado há cerca de três semanas, informou à ANSA o diretor do Hospital Italiano de Buenos Aires, Attilio Migues.

"No momento de internação, o diagnóstico indicou uma infecção pelo vírus A", disse o médico, que recordou que o estado de saúde de Masserano, que era "obeso e com problemas cardíacos", "acentuou os riscos".

Masserano faleceu ontem na "Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital em consequência de uma trombose pulmonar decorrente de complicações" por seus problemas de saúde, explicou Migues.

Por sua vez, em declarações à ANSA, Erica, filha do paciente, disse que ele havia "sido internado com uma pneumonia há um mês" e "nos últimos dias estava consciente porque haviam tirado os sedativos". Antes, o homem permaneceu sedado por cerca de 25 dias.

Erica criticou ainda a postura do médico que atendeu seu pai, logo que este apresentou os sintomas da doença. "O médico visitou a casa do meu pai em um domingo e ele foi internado apenas na sexta-feira (posterior)".

Durante aquela consulta, segundo a italiana, "não foi feita nenhuma análise para verificar o vírus. Disseram-me que não a haviam feito porque naquele momento não era necessário".

Nascido em Roma, Masserano tinha 56 anos e vivia desde 1993 na Argentina, onde abriu uma agência de viagens. Segundo informações disponíveis em seu site, ele costumava viajar à Itália para encontrar a filha, que estuda teatro na capital italiana.

De acordo com dados do Ministério da Saúde argentino, até o momento 185 pessoas morreram no país vítimas do vírus A (H1N1).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h29

    0,36
    3,291
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h32

    -0,50
    62.938,07
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host