UOL Notícias Notícias
 

04/08/2009 - 20h44

Itália reconhece reeleição de Ahmadinejad no Irã

ANSA
ROMA, 4 AGO (ANSA) - O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Itália, Maurizio Massari, disse hoje que o país reconhece como legítima a reeleição de Mahmoud Ahmadinejad para a presidência do Irã, obtida em votação realizada no dia 12 de junho.

Na véspera do início do segundo mandato de Ahmadinejad, Massari ressaltou que o mandatário é "o líder eleito de seu país", e confirmou que, na cerimônia que será realizada nesta quarta-feira no Irã, a Itália será representada por Alessandro Monti, pois o embaixador em Teerã, Alberto Bradanini, está em férias.

Por sua vez, o chanceler italiano, Franco Frattini, ponderou que seria "errado retirar a mão estendida a Teerã", mas fez uma advertência ao país. Disse que não haverá "palavras de simpatia" enquanto o governo não der explicações sobre a violência ocorrida após as eleições de junho.

Nos dias que se seguiram à divulgação do resultado do pleito, vencido por Ahmadinejad ainda no primeiro turno, com pouco mais de 60% dos votos, partidários do candidato derrotado, Mir Houssein Mousavi, saíram às ruas para denunciar possíveis fraudes.

Os protestos foram duramente reprimidos por forças oficiais, e pelo menos 20 pessoas morreram.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host