UOL Notícias Notícias
 

20/08/2009 - 18h30

Equador sugere criação de Parlamento da Unasul

ANSA
QUITO, 20 AGO (ANSA) - O presidente da Assembleia Nacional (Congresso) do Equador, Fernando Cordero, anunciou hoje que a casa irá propor a criação do Parlamento Sul-Americano como órgão legislativo da União das Nações Sul-Americanas (Unasul).

"Não deixa de ser importante, no que se refere à Unasul, mirar o âmbito legislativo. O processo de integração não é unicamente dos mandatários de nossos países. É preciso ir aproximando os parlamentares" da região, observou ele.

Cordero informou que já foram realizados, junto à presidência do grupo -- exercida de forma temporária pelo mandatário equatoriano, Rafael Correa --, os trâmites necessários para propor a criação do novo órgão.

Segundo ele, há a possibilidade de que a sede do Parlamento Sul-Americano seja instalada na cidade boliviana de Cochabamba.

O congressista sugeriu que o tema seja incluído na agenda da cúpula de governantes da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) marcada para o dia 28 deste mês em Bariloche, na Argentina.

"Nós, que exercemos a representação dos parlamentos da América Latina, acreditamos que é muito oportuno criar esta instância de maneira formal", argumentou Cordero.

Originalmente, o encontro de Bariloche foi convocado para discutir o novo acordo militar que a Colômbia negocia com os Estados Unidos para ceder sete bases em seu território.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h39

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h42

    1,42
    64.124,40
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host