UOL Notícias Notícias
 

02/09/2009 - 19h45

Após ser condecorado por Kadafi, Hugo Chávez viaja à Argélia

ANSA
ARGEL, 2 SET (ANSA) - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, chegou hoje à Argélia para uma visita oficial de dois dias, parte de uma excursão que faz por África e Ásia e que incluirá ainda viagens a Síria, Irã, Rússia e Bielo-Rúsia.

O mandatário foi recebido com honras no aeroporto da capital Argel por representantes do governo do país e pelo embaixador de Caracas, Michel Mujica.

Posteriormente, seguiu ao encontro do presidente argelino, Abdelaziz Bouteflika. Juntos, os dois discutiriam o aprofundamento das relações bilaterais.

Segundo o embaixador Mujica, na pauta da reunião "há diversos temas de interesse, como a Universidade do Sul, o Banco do Sul e o fortalecimento das relações bilaterais em matéria de energia". O diplomata afirmou também que Chávez e Bouteflika poderiam discutir detalhes para a realização da II Cúpula América do Sul-África, marcada para ocorrer no fim do mês na Ilha de Margarita, no Mar do Caribe.

Esta é a quarta visita do presidente venezuelano à Argélia. Ele já esteve no país em 2000, 2001 e 2006. Chávez chegou a Argel depois de uma viagem à Líbia, onde assistiu à Cúpula Extraordinária da União Africana e às comemorações do 40º aniversário do golpe de Estado que levou Muammar Kadafi ao poder.

Ainda nesta quarta-feira, antes de seguir para a Argélia, Chávez foi condecorado por Kadafi com a "medalha do 40º aniversário da revolução de Al-Fateh, de 1º de setembro", de acordo com informações da agência oficial Jana.

O reconhecimento, que é inédito, foi dado ao venezuelano "em agradecimento e respeito" por sua participação nas celebrações dos 40 anos do golpe de Estado, ocorrido no dia 1º de setembro de 1969.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host