UOL Notícias Notícias
 

21/09/2009 - 15h40

Honduras: Embaixador nega presença de Zelaya em sede da ONU

ANSA
WASHINGTON, 21 SET (ANSA) - O embaixador que representa o governo deposto de Honduras nos Estados Unidos, Enrique Reina, confirmou hoje que o mandatário destituído, Manuel Zelaya, regressou a seu país, mas negou que ele esteja na sede da Organização das Nações Unidas (ONU).

Em entrevista à rede norte-americana CNN em espanhol, o diplomata explicou que, "por motivos de segurança, não se pode precisar" o paradeiro de Zelaya.

Reina revelou que aguardava a chegada do presidente deposto a Nova York, onde na quarta-feira ele discursaria na Assembleia Geral das Nações Unidas, quando foi comunicado sobre sua presença em Tegucigalpa.

Segundo ele, o objetivo de Zelaya será estabelecer um "diálogo de reconciliação" que possibilite sua recondução ao governo, do qual foi tirado no dia 28 de junho, em um golpe de Estado.

A representante da ONU em Tegucigalpa, Rebeca Arias, também desmentiu a informação de que o presidente deposto estaria na sede local da entidade.

Ela relatou que, durante um telefonema, Zelaya disse que dentro de uma hora falaria ao país para revelar sua localização e tentar dar início a um processo de conversas com as autoridades do regime que assumiu seu lugar.

O presidente de facto, Roberto Micheletti, negou que Zelaya esteja em Tegucigalpa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host