UOL Notícias Notícias
 

01/10/2009 - 13h29

Após vitória do Real, Kaká comemora derrota do Milan

ANSA
ROMA, 1 OUT (ANSA) - O meio-campista Kaká, que recentemente trocou o Milan pelo Real Madrid, não escondeu sua felicidade pela derrota sofrida ontem por seu ex-clube pela Liga dos Campeões da Europa.

O Milan perdeu por 1 a 0 em casa para o Zurich, da Suíça, o que deixou o Real Madrid isolado na liderança do grupo C da competição.

"Para nós é muito positivo que o Milan tenha perdido, já que agora somos os primeiros isolados no grupo", afirmou o brasileiro.

Com a derrota do Milan e uma vitória por 3 a 0 sobre o Olympique de Marselha, o time espanhol se isolou na primeira colocação, com seis pontos, três a mais que Milan e Zurich, que dividem o segundo lugar. O Olympique ainda não pontuou.

"Agora temos duas partidas contra o Milan. A classificação às oitavas-de-final e o primeiro lugar na tabela dependem só de nós. É muito importante terminar a fase de grupos na liderança", avaliou Kaká. Real Madrid e Milan se enfrentam pela primeira vez no dia 21, na Espanha.

O meia brasileiro também avaliou o desempenho de sua equipe na partida de ontem. "Na Liga dos Campeões não há jogos fáceis. O primeiro tempo foi muito difícil para nós, mas, no segundo, com um pouco de paciência, encontramos o gol com Cristiano [Ronaldo] e tudo se tornou mais fácil", disse.

Leonardo

No Milan, por outro lado, o resultado negativo fez aumentar a pressão sobre o técnico Leonardo, mas o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, reiterou hoje sua confiança no treinador.

Ele se reuniu nesta quinta-feira com a comissão técnica e o elenco da equipe no vestiário do Centro de Treinamento Milanello.

"A linha do clube, acordada com o presidente Silvio Berlusconi ontem à noite, no fim da partida, é esta: confiança no treinador e no grupo. Iremos em frente, na boa ou na má sorte", assegurou Galliani.

O cartola revelou também o conteúdo da conversa que teve com os jogadores e com Leonardo. "Lembrei que este grupo, ou seja, clube, técnico e jogadores, é vencedor. Então reiterei que neste grupo não se toca, e que todos continuarão ao menos até o fim da temporada", garantiu.

Galliani cobrou, no entanto, um melhor desempenho no Campeonato Italiano, competição em que o Milan ocupa a discreta 11ª colocação. "Pelos custos deste clube, é preciso ir à Liga dos Campeões todos os anos e, portanto, devemos chegar entre os três primeiros", alertou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host