UOL Notícias Notícias
 

03/11/2009 - 16h02

Venezuela fecha passagem alternativa na fronteira com Colômbia, diz rádio

ANSA
CARACAS E BOGOTÁ, 3 NOV (ANSA) - O posto de fronteira entre a Venezuela e a Colômbia permanece fechado depois dos assassinatos de dois soldados da Guarda Nacional venezuelana ocorridos ontem no noroeste do país.

O presidente da organização empresarial venezuelana Fedecámaras em Táchira, José Rozo, disse que as pontes internacionais Simon Bolívar e Francisco de Paula Santander, que interligam os dois países, seguem intransponíveis.

Na tarde de hoje, segundo a rádio colombiana RCN, autoridades do país vizinho também fecharam uma passagem ilegal, situada perto do rio Táchira, entre Cúcuta (Colômbia) e San Antonio del Táchira (Venezuela), que vinha sendo usada por centenas de pessoas para cruzar a fronteira.

Além disso, soldados do Exército e da Guarda Nacional da Venezuela aumentaram as medidas de segurança na região para buscar os responsáveis pelo crime.

Os mortos, um sargento e um cabo, estavam a trabalho em um posto de controle na cidade de Ureña, quando foram atacados a tiros por quatro homens a bordo de motocicletas.

Uma das hipóteses para as mortes dos militares é que eles teriam sido vítimas de represálias de grupos repreendidos pelas autoridades de seu país.

Na semana passada, o governo venezuelano também acusou o Departamento Administrativo de Segurança da Colômbia (DAS) de estar espionando o país, após a prisão de três supostos agentes desta entidade.

A tensão bilateral voltou a crescer no último mês de julho, quando o presidente venezuelano, Hugo Chávez, criticou o convênio militar assinado entre Colômbia e Estados Unidos e congelou as relações com a nação vizinha. De acordo com Rozo, desde então o comércio binacional sofreu uma queda de 90%.

Além disso, Bogotá acusou Chávez de contrabandear lançadores de foguete às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host