UOL Notícias Notícias
 

19/11/2009 - 14h08

Deputado europeu apoia extradição de Battisti, mas pede revisão do caso

ANSA
PARIS, 19 NOV (ANSA) - O deputado europeu Daniel Cohn-Bendit, do Partido Verde alemão, defendeu hoje a extradição do ex-ativista Cesare Battisti, preso no Brasil desde 2007 e condenado na Itália à prisão perpétua, mas afirmou que é necessária a revisão de sua sentença.

"Sou a favor da extradição de Cesare Battisti, mas gostaria que fosse reaberto um novo processo na Itália para que ele tenha a possibilidade de se defender", opinou o parlamentar europeu em declarações concedidas à ANSA.

Ex-integrante do grupo Proletários Armados pelo Comunismo (PAC), Battisti foi condenado à revelia na Itália por quatro assassinatos cometidos na década de 1970. Em janeiro deste ano, contudo, ele recebeu do governo brasileiro o status de refugiado político.

Ontem, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, em votação apertada, a favor do pedido de extradição apresentado pelo governo italiano, mas determinou que seu veredicto seria autorizatório, ou seja, deve ser ainda submetido ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"A questão não é tanto que eu seja favorável ou contrário à sua extradição. O problema é que na Itália o processo não será reaberto", alertou o deputado do Partido Verde, que fez críticas à legislação italiana.

"Cesare Battisti deve ter o direito de se defender", declarou Cohn-Bendit.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,33
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h00

    1,51
    62.602,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host