UOL Notícias Notícias
 

25/11/2009 - 18h07

Por telefone, Berlusconi garante a Obama apoio a tropas no Afeganistão

ANSA
ROMA, 25 NOV (ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, garantiu hoje ao presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que continuará respaldando a missão norte-americana que atua no Afeganistão.

Em um comunicado, Roma informou que Obama telefonou para Berlusconi. Durante a conversa, o mandatário norte-americano pediu ao premier o "apoio da Itália no reforço do empenho da comunidade internacional no Afeganistão".

Os dois governantes concordaram que a questão deve ser "aprofundada durante o próximo encontro entre o ministro das Relações Exteriores [da Itália], Franco Frattini, e a secretária de Estado [norte-americana], Hillary Clinton".

"Durante a cordial conversa, foi examinada principalmente a situação no Afeganistão. O presidente norte-americano ilustrou os pontos relevantes da revisão estratégica que a administração norte-americana promoverá", informou a nota do governo italiano.

Ainda segundo o texto, Obama "elogiou o papel de liderança exercido por Berlusconi sobre a questão afegã e em numerosos outros locais de crise". Por fim, a nota informa que "o premier recebeu positivamente o pedido" do mandatário dos Estados Unidos.

O porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, informou hoje que os Estados Unidos não pretendem continuar no Afeganistão "ainda por oito ou nove anos".

Ele disse também que Obama se reunirá com os membros do Congresso na próxima terça-feira para apresentar detalhes e objetivos da nova estratégia norte-americana para o país, onde a Itália mantém cerca de 3.000 oficiais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host