UOL Notícias Notícias
 

28/11/2009 - 10h55

Itália confirma presença de cidadão do país em trem que descarrilou na Rússia

ANSA
ROMA, 28 NOV (ANSA) - O Ministério das Relações Exteriores da Itália confirmou hoje que um cidadão do país estava no trem que descarrilou na noite de ontem na Rússia, deixando mais de 30 mortos.

A Unidade de Crise do ministério informou que já está em contato com as autoridades consulares de Moscou e de São Petersburgo para obter detalhes do ocorrido.

O acidente foi registrado por volta das 21h30 locais (16h30 de Brasília) nas proximidades da cidade de Bologoye. O trem ia de Moscou a São Petersburgo e pelo menos três vagões descarrilaram. As autoridades do país investigam a hipótese de um atentado.

Segundo informaram à ANSA fontes médicas de Moscou, o italiano -- identificado por Armando Noacco, de 58 anos -- passa bem. Ele sofreu uma fratura na bacia.

"Ele teve muita sorte, porque estava no primeiro vagão, o mais atingido. Os outros passageiros morreram", disse à ANSA o genro do italiano, Fabio Battoia.

Noacco é um empreendedor de Udine, onde vive com a mulher e duas filhas. O empresário foi à Rússia nos últimos dias para uma viagem de uma semana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host