UOL Notícias Notícias
 

29/11/2009 - 17h33

Candidato favorito à presidência de Honduras ressalta tranquilidade em eleições

ANSA
TEGUCIGALPA, 29 NOV (ANSA) - Os dois principais candidatos à presidência de Honduras, Porfirio Lobo, do Partido Nacional, e Elvin Santos, do Partido Liberal, já votaram nas eleições deste domingo e ressaltaram o clima de aparente normalidade em que transcorre o processo.

Lobo, apontado pelas pesquisas como favorito, foi a seu local de votação, na cidade de Juticalpa, departamento de Olancho, por volta de 9h40 (13h40 em Brasília) acompanhado de um grupo de partidários.

Após sufragar, o candidato ressaltou o ambiente de tranquilidade em que os comícios são realizados, o que segundo ele permite à população expressar sua vontade de viver em paz.

"O processo está se desenvolvendo normalmente", disse Lobo, que convocou o povo a exercer o direito de voto. "Hoje, mais do que nunca, o país vive uma mudança, e é preciso fazê-la", complementou.

Honduras tem neste domingo uma tensa jornada, já que parte da população promete não votar. O motivo é a não restituição do presidente Manuel Zelaya, deposto em um golpe de Estado no dia 28 de junho.

Embora movimentos contrários à realização do pleito tenham denunciado supostos atos de violência perpetrados por forças oficiais para tentar pressionar os hondurenhos a ir às urnas, as primeiras horas dos comícios transcorreram em um clima de aparente calma.

O outro principal postulante ao cargo de presidente, Elvin Santos, do Partido Liberal, também celebrou o ambiente tranquilo e a "massiva" adesão dos eleitores.

"Estamos muito contentes pela enorme e massiva afluência nos centros de votação. Esperamos que esta virada siga adiante", disse.

"Faço um chamado aos eleitores que nunca votaram, aos que tiveram algum receio ou temor e aos que já têm idade para fazê-lo, que se dirijam à urna para votar sem nenhuma restrição, e sem importar em quem [votarão], porque no fim ganhará Honduras e a democracia", ressaltou.

Em uma referência a Manuel Zelaya, que desde o dia 21 de setembro está hospedado na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, Santos afirmou que os candidatos que disputam a presidência representam apenas o futuro.

"Dissemos muitas vezes que nós somos o futuro e a esperança do povo hondurenho. Devemos deixar o passado para trás e focar nossa visão e esforço no futuro", argumentou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host