UOL Notícias Notícias
 

29/11/2009 - 15h35

Uruguai: Eleições acontecem com normalidade; cerca de 47% já votaram

ANSA
MONTEVIDÉU, 29 NOV (ANSA) - Cerca de 47% dos 2,5 milhões de uruguaios habilitados ao segundo turno das eleições presidenciais do Uruguai votaram antes das 13h locais [mesmo horário de Brasília], informou à ANSA o magistrado Edgardo Martínez Zimarioff.

Zimarioff, que trabalha na Corte Eleitoral, destacou o "muito bom nível de votação" e informou que praticamente não foram reportadas incidentes, apenas denúncias isoladas sobre cédulas de votação adulteradas.

Hoje, o Uruguai elege o seu novo presidente, que substituirá o primeiro mandatário de esquerda do país, Tabaré Vázquez. O favorito José Mujica, da coalizão governista Frente Ampla, enfrenta o conservador Luis Lacalle.

De acordo com todas as pesquisas de intenção de voto, Mujica -- que votou pela manhã -- deverá obter entre 49% e 51% dos votos, o que lhe garante pelo menos sete pontos percentuais à frente de seu opositor.

Lacalle, por sua vez, disse que irá votar às 17h e demonstrou tranquilidade em relação ao pleito, com uma postura voltada ao "entendimento", no caso de uma derrota. As urnas ficarão abertas até as 19h30.

Os grandes problemas das votações são as chuvas e inundações, que geraram inconvenientes e demoras em alguns colégios eleitorais. Zimarioff informou que os departamentos de Salto, Paysandú, Treinta y Tres e Soriano são os mais afetados.

Na última semana, alguns dos 6.870 centros de votação foram transferidos, já que os locais estavam inundados.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host