UOL Notícias Notícias
 

04/12/2009 - 17h10

Embaixada paraguaia expressa 'descontentamento' com emissora brasileira

ANSA
ASSUNÇÃO, 4 DEZ (ANSA) - O governo do Paraguai, através de sua Embaixada em Brasília, expressou a "desconformidade" do país pelo fato de uma emissora não ter citado que a música "Meu primeiro amor" é a versão brasileira da paraguaia "Lejanía", de Hermínio Gimenez.

No último domingo, 29 de novembro, um programa da Rede Globo indicou que "Meu primeiro amor", que faz parte da trilha sonora do filme "Lula, o filho do Brasil", seria "um clássico da música popular brasileira".

Em comunicado assinado pelo encarregado de Negócios da Embaixada do Paraguai, Didier César Olmedo, a Chancelaria paraguaia esclarece que a letra e a música de "Lejanía" foram compostas pelo paraguaio Hermínio Gimenez em 1937.

"A Representação Diplomática se permite transmitir as desconformidades de vastos setores da sociedade paraguaia pelo erro cometido na mencionada programação televisiva de ampla difusão nacional e internacional em detrimento do patrimônio cultural paraguaio", diz a nota.

No início da semana, o Núcleo Cultural Guarani, com sede em São Paulo, enviou carta à TV explicando o equívoco.

Na nota, o artista paraguaio Ramón Cáceres conta que em 1950 "o brasileiro José Fortuna fez a versão livre de várias obras musicais paraguaias como 'Lejanía', sob o nome 'Meu primeiro amor'".

A carta, que também foi assinada por "brasileiros amigos da cultura paraguaia", solicita "uma errata ou um pedido de desculpas aos quase 70 mil paraguaios residentes no Brasil e aos seis milhões de paraguaios".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host