UOL Notícias Notícias
 

11/12/2009 - 16h47

Alba se reúne em Havana e discute sistema de compensação regional

ANSA
HAVANA, 11 DEZ (ANSA) - A oitava Cúpula da Aliança Bolivariana para as Américas (Alba) teve início hoje em Cuba com um encontro de especialistas dos nove países-membros do bloco, que deverão analisar a implementação do Sistema Único de Compensação Regional (Sucre) como moeda virtual comum para transações comerciais.O Sucre substituirá o dólar nas trocas entre os países da Alba, mas não funcionará como uma moeda corrente. Conforme uma resolução aprovada durante a Cúpula da Alba realizada em Cochabamba (Bolívia) em outubro, o novo modelo deverá ser adotado já a partir de 2010.Hoje, a reunião em Havana se restringe a especialistas e encarregados de ministérios. A partir de amanhã, encontram-se também os chanceleres e, nos dias 13 e 14, a Cúpula de quinto aniversário da instituição terá a presença dos chefes de Estado e de Governo.Na capital cubana, será apresentado um projeto preliminar do Tratado de Comércio dos Povos, cuja elaboração foi aprovada também em Cochabamba. O documento tem como finalidade definir a arquitetura comercial de complementação produtiva, cooperação e investimentos.Esta reunião da Alba também servirá para tratar de assuntos como soberania alimentar e mudança climática, além de revisar o andamento de programas sociais debatidos em cúpulas anteriores.Até o momento, já confirmaram presença os presidentes Evo Morales, da Bolívia, e Hugo Chávez, da Venezuela. O equatoriano Rafael Correa ainda não informou se irá a Havana.O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, revelou que o governante deposto de Honduras, Manuel Zelaya, que está abrigado na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, tem a intenção de participar.Fundada no dia 14 de dezembro de 2004, a Alba é integrada atualmente por Cuba, Venezuela, Bolívia, Equador, Honduras, Dominica, Antígua e Barbudas, Nicarágua e São Vicente e Granadinas.A instituição foi criada pelo então presidente de Cuba, Fidel Castro, e por Chávez. Poucos meses depois recebeu a incorporação da Bolívia, governada por Evo Morales. Os demais membros passaram a integrar a Alba a partir de 2007.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h09

    -0,10
    3,133
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h15

    0,54
    76.380,81
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host