UOL Notícias Notícias
 

13/12/2009 - 17h06

(Amplia) Berlusconi é agredido após comício e ficará sob observação no hospital

ANSA
MILÃO, 13 DEZ (ANSA) - O premier italiano, Silvio Berlusconi, foi agredido hoje após um comício de seu partido, o Povo da Liberdade (PDL), em Milão.

Em um primeiro momento, o ministro da Defesa, Ignazio La Russa, relatou que o primeiro-ministro havia levado um soco de um homem que parecia ter algum objeto na mão.

Contudo, posteriormente, imagens veiculadas por uma TV local mostraram que um objeto lançado atingiu o rosto de Berlusconi, que foi levado ao hospital San Raffaele com a boca e o nariz sangrando.

O agressor já foi identificado. É Massimo Tartaglia, de 42 anos, que está preso. O objeto lançado seria uma miniatura da catedral existente na praça em que era realizado o comício.

Fontes médicas do hospital informaram que o premier ficará sob observação por 24 horas.

O primeiro diagnóstico divulgado pela instituição diz que Berlusconi teve uma perda "copiosa" de sangue a partir de uma lesão interna e externa, além de ter tido dois dentes afetados, sendo um deles, superior, fraturado.

De acordo com fontes do hospital, o primeiro-ministro permaneceu consciente durante todo o tempo. Ele foi submetido a uma tomografia por precaução.

Segundo agentes da polícia, o premier entrou no hospital em uma maca. "Berlusconi tinha uma bolsa de gelo sobre o rosto", comentaram as testemunhas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host