UOL Notícias Notícias
 

13/12/2009 - 19h35

Berlusconi diz a médico que foi abençoado por 'um milagre'

ANSA
ROMA, 13 DEZ (ANSA) - O premier italiano, Silvio Berlusconi, disse ter sido abençoado por "um milagre", depois de ser agredido no rosto após um comício de seu partido, Povo da Liberdade (PDL), em Milão, informou o diretor do hospital San Raffaele, Emilio Fede, à imprensa local.

Berlusconi "me disse que foi abençoado por um milagre, porque [se tivesse sido atingido, ndr.] um centímetro a mais, perderia o olho. Naturalmente tem dores, mas está tomando analgésicos e não acredito que ficará apenas 24 horas no hospital, porque ele sofreu fraturas no septo nasal, em dois dentes e teve ferimentos no lábio" superior, explicou Fede, que poderá ampliar o período de observação anunciado anteriormente.

Na tarde de hoje, o premier foi atingido no rosto por uma miniatura de uma catedral logo após o evento do PDL, realizado na cidade de Milão. Ele foi levado para o hospital San Raffaele, onde foi submetido a uma tomografia computadorizada e transferido para um apartamento.

Segundo um primeiro boletim médico, o primeiro-ministro deveria permanecer 24 horas em observação.

Ainda de acordo com a equipe médica, Berlusconi "sofreu uma lesão importante maciço facial com ferimentos interno e externo no lábio superior, e fraturou dois dentes, um deles em estado grave".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host