UOL Notícias Notícias
 

14/12/2009 - 17h50

Argentina cria fundo com reservas do BC para pagar dívidas

ANSA
BUENOS AIRES, 14 DEZ (ANSA) - O governo argentino anunciou hoje a criação de um fundo de US$ 6,5 bilhões para saldar as dívidas do país no ano que vem. O dinheiro sairá do excedente das reservas do Banco Central.Em uma cerimônia encabeçada pela presidente Cristina Kirchner na capital Buenos Aires, o ministro da Economia, Amado Boudou, explicou que o país conta hoje com "um excedente de reservas da ordem de US$ 18 bilhões".Segundo ele, a decisão de usar 37% deste total de recursos, cifra que será repassada ao Tesouro, fará com que "não haja nenhuma dúvida sobre a capacidade" da Argentina de honrar suas dívidas.Para Cristina, o país também emitirá "um forte sinal ao mercado de que não vamos aceitar qualquer taxa de juros" para empréstimos internacionais. A Argentina tenta regularizar sua situação financeira ante o mercado para voltar a ter acesso a crédito.O chamado Fundo do Bicentenário para o Pagamento de Dívidas e Estabilidade, explicou o ministro da Economia, possibilitará o pagamento de "detentores de títulos privados e órgãos internacionais de crédito". "Queremos dar o máximo de certeza para 2010", disse Boudou.O funcionário enfatizou que a medida obedece a "uma política racional" do uso de reservas, mas advertiu que o dinheiro não será empregado no pagamento do passivo argentino junto ao Clube de Paris, que está em moratória desde 2001.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h49

    -0,47
    3,130
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h58

    -0,50
    75.227,02
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host