UOL Notícias Notícias
 

17/12/2009 - 08h55

Berlusconi deixa hospital e vai para sua residência em Arcore

ANSA
MILÃO, 17 DEZ (ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, deixou hoje o hospital San Raffaele, em Milão, onde estava internado desde o último domingo, quando sofreu uma agressão.

Informando que o premier seguirá para sua residência na cidade de Arcore, o médico pessoal do chefe de Governo italiano, Alberto Zangrillo, contou que o Berlusconi "passou uma noite tranquila e sem dores", ao contrário da madrugada anterior.

No último domingo, após um comício, o italiano Massimo Tartaglia, de 42 anos, jogou uma estatueta do Duomo [catedral] de Milão contra o rosto de Berlusconi, que fraturou um osso do nariz, quebrou dois dentes e feriu o lábio superior.

Levado ao hospital San Raffaele, em um primeiro momento, previa-se que o chefe de Governo permaneceria internado por apenas 24 horas sob observação. Mas a hospitalização foi prolongada devido à persistência das dores.

Em um último boletim sobre o quadro de saúde do premier divulgado na terça-feira, os médicos recomendaram que Berlusconi se afaste das atividades públicas por ao menos quinze dias.

O agressor foi detido por lesão corporal qualificada e encaminhado à prisão San Vittore, em Milão.

Desde o incidente, o premier recebeu uma série de telefonemas e mensagens de autoridades mundiais, como o presidente da França, Nicolas Sarkozy, a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, e o papa Bento XVI.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host