UOL Notícias Notícias
 

18/12/2009 - 18h29

Colômbia enviará energia elétrica ao Equador, que vive emergência

ANSA
QUITO, 18 DEZ (ANSA) - O ministro de Eletricidade do Equador, Miguel Calahorrano, anunciou hoje que a Colômbia retomará as vendas de energia ao país de forma contínua a partir da próxima terça-feira, dia 22.

Para tratar do acordo acertado pelos dois países, Calahorrano viajou ontem a Bogotá e se reuniu com seu homólogo, Hernán Martínez.

Segundo o ministro, a partir desta terça-feira e durante um mês a Colômbia enviará ao vizinho entre 750 e 1.000 megawatts/hora por dia no período de maior consumo, entre 9h e 22h.

"Este aporte da Colômbia seria muito importante para nós", disse. Embora a expectativa inicial fosse receber 2.000 megawatts, o ministro destacou a boa vontade das autoridades colombianas para auxiliar o Equador ainda que seu país também enfrente uma estiagem.

O Equador vive uma emergência elétrica desde 5 de novembro, causada pela falta de chuvas na região da central hidrelétrica Paute, a maior do país. Também colaborou para a crise a falta de investimento em usinas termelétricas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host