UOL Notícias Notícias
 

22/12/2009 - 13h48

Presidente uruguaio chega a fim de mandato com popularidade recorde

ANSA
MONTEVIDÉU, 22 DEZ (ANSA) - O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, aproxima-se do fim do mandato com um índice de popularidade de 80%, cifra recorde no país.

Segundo um levantamento da consultoria Factum divulgado hoje pelo jornal La República, o mandatário conta com o apoio de 96% dos uruguaios que costumam votar na coalizão de esquerda Frente Ampla, à qual pertence.

A surpresa, no entanto, ficou por conta dos simpatizantes das outras duas agremiações mais tradicionais do país, ambas opositoras: os partidos Nacional e Colorado. Neste grupo, seu desempenho é bem visto por 63% dos entrevistados.

Médico especializado em oncologia, Vázquez, hoje com 69 anos, elegeu-se em 2004 para ser o primeiro presidente socialista do Uruguai. Em novembro, o ex-guerrilheiro José Mujica foi escolhido para sucedê-lo no cargo a partir de 1º de março, dando continuidade à gestão da Frente Ampla.

Nos últimos meses, embora fosse grande o respaldo à ideia, o presidente sempre rejeitou a possibilidade de concorrer ao segundo mandato, o que exigiria uma reforma constitucional.

Agora, com a popularidade batendo nos 80%, ele se torna o presidente com o maior índice de apoio em fim de mandato da história do Uruguai.

A pesquisa da Factum, realizada no fim de novembro, indica ainda que somente 10% das pessoas consultadas disseram que "não aprovam nem desaprovam" a gestão de Vázquez. O mesmo número de uruguaios admitiu "desaprovar" os trabalhos do atual presidente.

Também de acordo com o levantamento, o chefe de Estado é mais popular entre os jovens e a população com educação secundária.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host