UOL Notícias Notícias
 

30/12/2009 - 13h27

Em última audiência do ano, Papa diz que a mulher deve ser a companheira do homem

ANSA
CIDADE DO VATICANO, 30 DEZ (ANSA) - O papa Bento XVI destacou hoje, ao celebrar a última audiência geral deste ano, o papel da mulher como companheira do homem e não como "uma dominadora" ou "uma escrava".

"Deus criou a Eva de uma costela de Adão e não, por exemplo, de sua cabeça, para que fosse não uma dominadora nem uma escrava do homem, mas sua companheira", enfatizou o Pontífice, citando considerações de Pedro Lombardo, teólogo do século XII.

Em sua catequese, sempre fazendo referência a Lombardo, Bento XVI recordou aos católicos que a fé "não pode ser fragmentada", pois a revelação cristã é "um aparato completo".

"Desejo enfatizar como a apresentação orgânica da fé é uma exigência irrenunciável (...). Sob o exemplo de Pedro Lombardo, convido todos os teólogos e sacerdotes a terem sempre presente a visão total da doutrina cristã contra os atuais riscos de fragmentação e desvalorização das verdades singulares", continuou.

Ao terminar a audiência, Bento XVI também desejou aos fiéis um "Bom Ano". "Caros amigos estamos juntos no fim deste ano e à porta do Ano Novo. Lhes desejos que a amizade de Nosso Senhor Jesus Cristo os acompanhem em cada dia deste ano que está para começar. Que possa esta amizade de Cristo ser nossa luz e guia, ajudando-nos a sermos homens de paz, da sua paz", concluiu.

Bento XVI encerrará 2009 com a celebração das Primeiras Vésperas em ação de graças, evento programado para as 18h locais (15h no horário de Brasília) desta quinta-feira. No primeiro dia de 2010, será celebrada a missa na Solenidade de Maria Santíssima Mãe de Deus, em ocasião do Dia Mundial da Paz.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host