UOL Notícias Notícias
 

17/01/2010 - 16h34

Itália anuncia que perdoará dívida do Haiti

ANSA
ROMA, 17 JAN (ANSA) - O chanceler italiano, Franco Frattini, afirmou hoje que o governo de seu país cancelará a dívida de aproximadamente 40 milhões de euros do Haiti, cuja capital, Porto Príncipe, foi devastada por um terremoto na última terça-feira.

"Damos nossa disponibilidade desde agora para cancelar a dívida que o Haiti tem com a Itália", anunciou o chefe da diplomacia, acrescentando que este "é um primeiro modo para ajudar a reconstrução do país".

Segundo Frattini, a Itália já deu provas de uma "primeira disponibilidade e destinou quase 5 milhões de euros" para as ajudas ao Haiti, que sofre com a devastação causada por um terremoto de 7 graus na escala Richter.

Fontes da diplomacia italiana confirmaram que há menos de dez italianos tidos como desaparecidos. São pessoas que, desde o dia do tremor, não entraram em contato com parentes, amigos ou com o próprio Ministério das Relações Exteriores.

Entre os desaparecidos estão os dois funcionários italianos da ONU, que teriam morrido sob os escombros da sede da instituição no Haiti. Para os sobreviventes, o governo italiano estuda um plano de evacuação do país caribenho.

Pouco antes, Frattini havia informado que 12 italianos ainda não tinham sido contatados desde o abalo sísmico, o mais forte em 200 anos na região. "Estamos continuando as buscas: são ainda 12 os italianos de quem não se tem notícia", disse o chanceler, que regressou de um giro por sete países da África.

O terremoto de terça-feira matou ao menos 50 mil pessoas e deixou 300 mil desabrigadas, segundo estimativas divulgadas pela ONU.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host