UOL Notícias Notícias
 

19/01/2010 - 19h33

EUA se dizem 'ansiosos' para trabalhar com novo presidente chileno

ANSA
WASHINGTON, 19 JAN (ANSA) - O governo dos Estados Unidos disse hoje que está pronto e ansioso para trabalhar com o futuro presidente do Chile, Sebastián Piñera, eleito no domingo.

"Estamos ansiosos para trabalhar com o presidente eleito e aprofundar nossa parceria, além de avançar nos objetivos comuns em benefício de nossos povos e das Américas", afirmou Philip Crowley, um dos porta-vozes do Departamento de Estado norte-americano

O funcionário enfatizou que o Chile "é um valioso sócio dos Estados Unidos em muitas áreas, incluindo as missões internacionais de paz no Haiti, e um líder na promoção da democracia e da estabilidade na região".

Crowley cumprimentou Piñera pela vitória e parabenizou a população chilena por mais um "exemplar processo eleitoral, que ilustra mais uma vez o enorme respeito do país pela democracia".

Empresário e um dos homens mais ricos do Chile, com uma fortuna avaliada em US$ 1,2 bilhão, Sebastián Piñera tomará posse no dia 11 de março, quando colocará fim a 20 anos de governos consecutivos da Concertación, a aliança de centro-esquerda que elegeu os últimos quatro presidentes do país.

No domingo, ele obteve 51,6% dos votos e derrotou o governista Eduardo Frei, que já esteve no poder entre 1994 e 2000 e desta vez reuniu apenas 48,3% das preferências.

Mais cedo, o embaixador dos Estados Unidos no Chile, Paul Simons, enviou uma mensagem de felicitação ao futuro governante, a quem também prometeu cooperação.

A atual presidente, Michelle Bachelet, mantém boas relações com o norte-americano Barack Obama, que a recebeu em junho de 2009 na Casa Branca.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host