UOL Notícias Notícias
 

07/02/2010 - 15h24

Costa Rica-Eleições: Candidato opositor vota e pede que todos compareçam às urnas

ANSA
SAN JOSÉ, 7 FEV (ANSA) - O candidato do Partido Ação Cidadã (PAC) às eleições presidenciais da Costa Rica, Ottón Solís, emitiu seu voto em meio a aplausos de simpatizantes às 7h10 (11h10 no horário de Brasília), em uma escola da cidade de San Isidro del General, centro do país.

"Recuperemos a Costa Rica com um governo com quem as pessoas se sintam tranquilas", disse o presidenciável após sufragar, segundo informações do jornal Nación.

Solís também fez um chamado para que a população tenha fé e confiança em si mesma e instou todos a comparecerem às urnas.

A jornada do candidato começou às 4h30, quando ele foi ordenhar vacas que pertencem a sua família. Depois, tomou café da manhã junto a colaboradores, jornalistas e parentes. Às 6h, acompanhado da esposa, Shirley Sánchez, e das filhas Victoria, Elena e Isabel, foi à missa.

Após comparecer à zona eleitoral, Solís voltou para casa, de onde seguiria para San José.

Ainda de acordo com o Nación, alguns colégios apresentaram problemas na primeira hora após o início oficial do pleito, marcado para começar às 6h.

Em Alajuelita, por exemplo, as mesas foram abertas com mais de meia hora de atraso. De acordo com o representante local do Tribunal Supremo de Eleições (TSE), Guillermo Cascante, a demora ocorreu porque pessoas embriagadas tentaram entrar no local de votação, e para impedi-las foi preciso chamar a polícia.

Também houve atrasos em Palmares, Tarbaca, Guácimo e Puntarenas. Em Alajuela, várias urnas foram transferidas para outros lugares, resultando em confusão entre os votantes -- muitos deles não tinham como ir até o novo local de sufrágio.

Apesar dos incidentes, o presidente do TSE, Luis Antonio Sobrado, afirmou que a votação transcorre sem incidentes. "A festa democrática se realiza com uma grande alegria. O país está em paz, temos monitorado", afirmou.

O magistrado lamentou que muitos tenham deixado para se informar hoje sobre seu local de votação, provocando aglomeração em determinados lugares. Ele pediu ainda que a população não dê crédito a contagens paralelas, dizendo que os únicos dados exatos são os que o TSE divulgará a partir das 20h.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host