UOL Notícias Notícias
 

07/02/2010 - 10h47

Papa volta a defender a vida e fala de dificuldades trazidas pela crise

ANSA
CIDADE DO VATICANO, 7 FEV (ANSA) - O papa Bento XVI reafirmou hoje que a "a existência humana deve ser defendida e favorecida em qualquer estágio" e falou sobre a desigualdade e a pobreza trazidas pela crise econômica mundial.    

"Ninguém é patrão da própria vida, mas todos somos chamados a custodiá-la e respeitá-la, do momento da concepção até seu fim natural", afirmou o Pontífice durante o Angelus em celebração à Jornada pela Vida, promovida pela Conferência Episcopal Italiana (CEI). O tema do evento neste ano são os desafios da crise.    

Retomando pronunciamentos anteriores, Bento XVI chamou a atenção para o atual momento da economia internacional, dizendo que as dificuldades tornam ainda mais "dramáticos" os mecanismos que, "produzindo pobreza e criando fortes desigualdades sociais", ferem e ofendem, "golpeando" principalmente "os mais fracos e indefesos".    

"Tal situação compromete a promover um desenvolvimento humano integral para superar a indigência e a necessidade e, sobretudo, lembra que o fim do homem não é o bem-estar, mas o próprio Deus", continuou o Papa.    

Recentemente o chefe máximo da Igreja Católica lançou apelos em defesa de uma salvaguarda dos postos de trabalho e por mais "responsabilidade social" da parte das empresas.    

Ainda durante o Angelus, Bento XVI disse que "o encontro autêntico com Deus" leva o homem a "reconhecer a própria pobreza e inadequação", mas que Ele, vendo "o coração" e não "a aparência", faz das pessoas "pobres e fracas" que têm fé "intrépidos apóstolos e anunciadores da salvação".    

"Apesar desta fragilidade, o Senhor, rico em misericórdia e perdão, transforma a vida do homem o chama a segui-lo", continuou o Pontífice, exortando os sacerdotes a acompanharem Cristo "com generosidade, não confiando na própria força, mas abrindo-se às ações da sua graça".    

De acordo com o Papa, o encontro com Deus leva o homem a reconhecer "o próprio limite e o próprio pecado".    

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host