UOL Notícias Notícias
 

09/02/2010 - 09h50

Hugo Chávez lança programa de rádio com horário surpresa

ANSA
CARACAS, 9 FEV (ANSA) - O presidente venezuelano, Hugo Chávez, lançou nesta segunda-feira um novo programa chamado "De repente... com Chávez", que terá horário surpresa e será transmitido pela estatal Radio Nacional de Venezuela.

Segundo ele, a produção radiofônica irá ao ar "a qualquer hora". "Pode ser à meia-noite, de madrugada, quando tenhamos -- bom, todos os dias temos -- muitas coisas para informar, sobretudo decisões", completou.

O mandatário explicou que cogita difundir o programa em cadeia local ou nacional, através de emissoras privadas e públicas.

"Quando nos ocorrer, pegamos uma rede só para rádio. Pode ser um canal regional, se estivermos interessados em falar só à zona andina ou a uma cidade específica", acrescentou.

Descrita por Chávez como uma "guerrilha radiofônica", a produção se soma à transmissão dominical de "Alô presidente" -- com algumas horas de duração e repetida por várias redes de rádio e televisão -- e a contatos frequentes com o canal estatal.

No ano passado, o mandatário venezuelano estreou o programa "Alô teórico", difundido nas quintas-feiras, no qual explicava seu modelo de socialismo do século XXI. A atração, porém, foi extinta.

A oposição ao governo de Chávez considera abusivas e violadoras da liberdade de expressão as recorrentes transmissões em cadeia nacional de rádio e TV.

De acordo com a organização Repórteres sem Fronteiras, as difusões alcançaram recentemente o número de duas mil, o que representa quase dois meses ininterruptos de programação, sem incluir o dominical "Alô presidente".

Luz Em "De repente... com Chávez", o mandatário anunciou que se prepara "para decretar a qualquer momento a emergência elétrica" em vista da acelerada queda nos níveis da represa El Guri, localizada no sul da Venezuela e da qual depende 70% da geração de energia do país.

A diminuição na quantidade de água se deve ao fenômeno climático "El Niño", que também provocou secas na Colômbia, Peru e em algumas regiões da América Central.

Chávez detalhou que designará um "Estado Maior conjunto para o setor elétrico", integrado pelo novo vice-presidente, Elias Jaua, e por vários ministros, com o objetivo de colocar em prática o plano de emergência.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host