UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 15h29

Camponeses paraguaios fazem protesto para cobrar promessas do governo

ANSA
ASSUNÇÃO, 10 FEV (ANSA) - Camponeses oriundos de várias cidades do interior do Paraguai farão amanhã uma manifestação na capital Assunção para denunciar promessas não cumpridas pelo presidente Fernando Lugo, eleito em 2008.

O dirigente da Federação Nacional Camponesa (FNC), Marcial Gómez, anunciou que o movimento reivindicará a presença do titular do Instituto Nacional de Desenvolvimento Rural e da Terra (Indert), Alberto Alderete, além de representantes dos Ministérios de Obras Públicas e Comunicações, da Educação e da Saúde para discutir as necessidades da população rural.

Segundo Gómez, as principais carências estão no setor de infraestrutura, de provisão de água potável e energia elétrica. A possibilidade de construir novas escolas e centros de saúde também deve ser abordada.

Alguns líderes do FNC anunciaram que chegarão à praça Uruguaya, onde será realizada a concentração para o protesto, já na madrugada desta quinta-feira.

A primeira atividade do movimento está marcada para as 9h, em frente à sede do Indert. À tarde, os manifestantes distribuirão panfletos para que a população tome conhecimento de suas reivindicações.

A princípio, o protesto terá duração de dois dias e os camponeses devem se reunir na sexta-feira para discutir as próximas medidas.

Fernando Lugo foi eleito em 2008 pela Aliança Patriótica para a Mudança (APC), uma ampla coalizão formada por partidos políticos e movimentos sociais. Uma das principais plataformas de sua campanha esteve justamente relacionada às questões do campo, como a reforma agrária.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h30

    0,09
    3,268
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h33

    -0,59
    63.705,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host