UOL Notícias Notícias
 

10/02/2010 - 11h10

Chefe da Defesa Civil italiana é acusado de corrupção

ANSA
ROMA, 10 FEV (ANSA) - O chefe da Defesa Civil italiana, Guido Bertolaso, foi acusado hoje de corrupção pela Procuradoria de Florença, devido a supostas irregularidades cometidas em licitações de obras feitas para receber a Cúpula do G8 (grupo dos sete países mais industrializados e a Rússia) que seria realizada em La Maddalena, na Sardenha.

Para o evento, foram gastos em La Maddalena, entre julho de 2008 e maio do ano seguinte, 327 milhões de euros. Grande parte dessa quantia foi destinada a reestruturar um ex-arsenal militar abandonado há décadas no local.

A cúpula acabou não se realizando em La Maddalena, mas, a pedido do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, foi transferida para L'Aquila, cidade atingida em abril do ano passado por um terremoto de 5,8 graus na escala Richter.

Ao saber que estava sendo investigado, Bertolaso divulgou um comunicado colocando seu cargo à disposição do governo."Para não atrapalhar a operação dos órgãos de investigação, coloquei imediatamente à disposição do presidente do Conselho [de Ministros, Silvio Berlusconi] todos os meus encargos", disse Bertolaso.

"Sempre me defini um servidor do Estado e, como sempre, permaneço à disposição do meu país", reforçou Bertolaso, acrescentando que tem "total confiança no trabalho da Justiça". O chefe da Defesa Civil recebeu hoje uma notificação das autoridades informando sobre a inclusão de seu nome nas investigações.

Mais cedo, a polícia de Florença prendeu quatro pessoas acusadas de envolvimento no suposto esquema de corrupção das licitações. Um deles é Angelo Balducci, que foi nomeado em 2008 pela Defesa Civil o responsável pelas obras de infraestrutura. A cúpula do G8 foi realizada entre 8 e 10 de julho de 2009.

Responsável pela coordenação da reconstrução das localidades devastadas pelo abalo sísmico de abril de 2009, o chefe da Defesa Civil vinha sendo cotado, inclusive, para assumir um ministério. "O mínimo que podemos fazer por Bertolaso é promovê-lo", anunciou o premier ao realizar uma visita à L'Aquila no último mês.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h16

    -0,05
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host