UOL Notícias Notícias
 

12/02/2010 - 18h12

A seminaristas, Bento XVI diz que 'cristianismo não é moralismo'

ANSA
ROMA, 12 FEV (ANSA) - O papa Bento XVI disse hoje, em discurso a seminaristas italianos, que os valores cristãos professados pela Igreja não podem ser confundidos com "moralismo".

O Papa também abordou o conceito de ética, segundo o entendimento da fé cristã. "A ética é consequência do ser. É Deus quem nos dá o dom de ser, que precede o agir", disse o Pontífice na reflexão feita hoje, durante uma visita anual ao seminário Romano Maggiore.

Na chegada ao instituto, Bento XVI foi recebido pelo cardeal vicário Agostino Vallini e pelo reitor do seminário, dom Giovanni Tani. Em seguida, discursou para internos de seis seminários da região.

"Não podemos obedecer a uma lei que está contra nós, mas devemos agir segundo a nossa identidade", enfatizou o Pontífice. Ele também ressaltou que "a verdadeira justiça não consiste na obediência a algumas normas, e sim no amor criativo".

Depois do discurso, Bento XVI se encontrou com bispos auxiliares, com os reitores dos seminários e dois seminaristas, um haitiano e um chinês.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h59

    -0,23
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h05

    -0,15
    75.859,43
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host