Adriano diz que voltaria ao futebol italiano 'com amor'

ROMA, 17 FEV (ANSA) - O atacante Adriano, atualmente do Flamengo, afirmou que, se tivesse a oportunidade, voltaria à Itália, onde jogava até o ano passado pela Inter de Milão.

"Agora que eu reencontrei a vontade, a determinação e a felicidade, voltarei à Itália. A Roma me quer, eu jogaria feliz com [o atacante Francesco] Totti", disse o jogador, em entrevista à imprensa italiana.

Adriano e a Inter de Milão rescindiram contrato em abril do ano passado. À época, o brasileiro dizia que desejava se afastar do esporte.

A quebra do contrato, que era válido até junho de 2010, ocorreu após o atleta decidir não se reapresentar ao clube depois de jogar pela seleção brasileira na última rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo.

"Sinto falta dos amigos que tinha na Inter. Quando os vejo jogar, me imagino ainda com eles. No futuro, se tiver a oportunidade de voltar, farei com amor", declarou Adriano.

A passagem do atacante pelo time de Milão foi marcada por grandes atuações, como na temporada 2005/2006 e por períodos menos brilhantes. Entre 2001 e 2009 ele chegou a ser emprestado para Fiorentina, Parma e São Paulo.

Mesmo assim, Adriano garantiu que não "tinha nenhum tipo de problema" com o técnico José Mourinho.

"Ele me ajudava muito, falava sempre comigo, dizia coisas positivas e negativas, quando necessário. Ele sempre me estimulou muito", disse o jogador, que completa hoje 28 anos.

Poucos meses depois de deixar a Itália, o atacante recuperou o bom futebol, tornando-se protagonista da conquista do último Campeonato Brasileiro pelo Flamengo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos