UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 18h05

Ameaça de bomba em avião da Alitalia no Cairo era falsa

ANSA
CAIRO, 17 FEV (ANSA) - A suposta existência de uma bomba a bordo do Airbus 321 da Alitalia, que deveria partir do Cairo para Roma no início desta tarde, era falsa, informaram à ANSA fontes da segurança do aeroporto da capital egípcia.

A aeronave tinha sido impedida de decolar após as autoridades receberem um telefonema anônimo denunciando a existência de um explosivo a bordo. Os 157 passageiros do voo e suas bagagens foram então retirados do avião e levados a uma sala de espera.

Em um comunicado, a Alitalia informou que, uma vez confirmada que o alerta era falso, o voo AZ 897 já está pronto para partir do Egito em direção à Itália. A companhia aérea informou ainda que, durante as operações de inspeção na aeronave, os passageiros receberam a "assistência" necessária.

Logo após a evacuação, a aeronave foi deslocada para uma outra pista do aeroporto do Cairo, onde foram ativadas as operações de checagem com cães treinados e com o esquadrão antibomba. Na sala de espera, os passageiros foram revistados.

Ao saber da ameaça, a Embaixada da Itália no Cairo e a Unidade de Crise da Chancelaria entraram em contato com a Alitalia, segundo informaram fontes do Ministério das Relações Exteriores do Egito. Segundo eles, os passageiros evacuados estão todos bem.

O avião deveria partir às 17h30 locais (13h30 no horário de Brasília). A maioria dos passageiros provinha da Itália. A bordo do voo, porém, também estava o ministro do Turismo do Egito, Zoheir Garana, que vai hoje ao país europeu para participar da feira Bolsa Internacional do Turismo, que será realizada em Milão entre amanhã e domingo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host