UOL Notícias Notícias
 

17/02/2010 - 15h50

Equatoriano é processado por homicídio no Chile

ANSA
SANTIAGO DO CHILE, 17 FEV (ANSA) - A Justiça chilena abriu hoje um processo contra o equatoriano Winston Rivera, principal acusado do assassinato de Yasna González, cometido no dia 30 de janeiro.

A audiência foi realizada no Juizado da Garantia, onde a titular María Elena Llanos protocolou o pedido do Ministério Público.

Em razão da ausência do acusado, também foi formalizada uma solicitação para a extradição de Rivera, que ainda deve ser autorizada pela Corte de Apelações de Temuco.

De acordo com informações divulgadas pela Interpol, o acusado teria fugido para a Argentina no mesmo dia do assassinato.

González foi encontrada morta em sua residência em Temuco, na fronteira com a cidade argentina de Neuquén.

Sergio Moya, representante do Ministério Público, acredita que a investigação dure cerca de dois anos, considerando os trâmites burocráticos para a extradição a partir da Argentina.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host