UOL Notícias Notícias
 

20/02/2010 - 14h31

Autoridades italianas comemoram prisões de mafiosos

ANSA
ROMA, 20 FEV (ANSA) - Algumas das principais autoridades italianas comemoraram hoje as prisões de dois homens acusados de ligação com a máfia que integram a lista dos 100 procurados mais perigosos do país. As capturas ocorreram em operações policiais distintas.

O premier Silvio Berlusconi divulgou uma nota na qual cumprimentou a polícia "em seu nome, do governo e de todos os italianos".

No texto, o primeiro-ministro afirmou que, com estas ações, tem continuidade a política de combate ao crime organizado levada adiante por sua gestão, e que representa "um capítulo fundamental do programa de governo".

Segundo Berlusconi, "nenhum outro governo na história da República foi capaz de conduzir uma luta tão decisiva e eficaz contra o crime organizado".

Na região da Campânia, sul da Itália, Pasquale Giovanni Vargas, de 43 anos e um dos principais quadros da Camorra, a máfia napolitana, foi detido em um apartamento na localidade de Giugliano.

No momento da prisão, Vargas estava acompanhado de uma mulher, que também foi detida. Ele não resistiu.

Vargas era foragido da justiça desde 2005, quando foi condenado a 12 anos de reclusão por associação mafiosa. Os investigadores creem que ele é o braço direito de Francesco Bidognetti, o chefe do clã Casalesi, o mais poderoso da Camorra.

Em outra ação policial, esta realizada na República Dominicana e com o apoio da Interpol, foi capturado Domingo Saverio Loconsolo, de 31 anos, acusado de associação mafiosa, extorsão e usura. Ele estava na República Dominicana com sua esposa e dois filhos. No momento da prisão, Loconsolo se preparava para sair de uma praia.

O ministro da Defesa, Ignazio La Russa, elogiou o trabalho das forças policiais. Para ele, as detenções colocam em destaque "a determinação, o profissionalismo e a capacidade operativa" dos agentes de segurança.

Já o ministro da Justiça, Angelino Alfano, disse que o sucesso das ações demonstra "a força da estratégia do Estado para combater o crime".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host