UOL Notícias Notícias
 

26/02/2010 - 19h25

Em clima de despedida, Cristina agradece apoio de Michelle Bachelet

ANSA
BUENOS AIRES, 26 FEV (ANSA) - A presidente argentina, Cristina Kirchner, agradeceu hoje a sua homóloga Michelle Bachelet, que entregará a presidência do Chile ao seu sucessor no próximo dia 11, "por seu apoio nestes últimos quatro anos".

"Desde o primeiro dia em que assumiu como presidente considerou como estratégica a associação com a Argentina", explicou Cristina, ao lado de Bachelet, em Mar del Plata, onde as duas mandatárias se reuniram nesta sexta-feira.

Além de assistir à largada de fragatas na regata Velas Sudamérica 2010, um dos eventos comemorativos do Bicentenário da Independência de Chile e Argentina, entre outras nações da América Latina, as duas mandatárias também assinaram um acordo de cooperação cultural, que prevê a instalação de centros das duas nações em Buenos Aires e em Santiago.

"Quero lhe agradecer por seu testemunho permanente, através de atos concretos, de fatos, de ajudas, de cooperação", continuou Cristina, recordando a vitória do Exército chileno-argentino, liderado por Bernardo O'Higgins e José de San Martín, na batalha de Maipú de 1818, contra as tropas espanholas, que selou a independência do Chile.

Ao referir-se ao convênio na área da cultura, Cristina lembrou as personalidades de ambas as nações, como Carlos Gardel, Gabriela Mistral, Ernesto Sábato,Víctor Jara e Pablo Neruda,considerando-os importantes dos dois lados da fronteira.

A presidente argentina também aproveitou a ocasião para agradecer aos demais países latino-americanos pelo apoio à reivindicação de seu governo pelas Ilhas Malvinas, arquipélago situado no Atlântico do Sul pertencente à Grã-Bretanha desde 1833 e que voltou recentemente ao centro de um conflito diplomático.

"Quero voltar a expressar, nesta que será a minha última visita presidencial [à Argentina], a minha mais profunda convicção sobre a importância estratégica de nossa relação bilateral, tanto para o futuro de nossos dois povos como de nossa região", comentou, por sua vez, Bachelet, que entregará a presidência do Chile no próximo mês, quando assume o empresário Sebastián Piñera.

A regata Velas Sudamérica 2010, da qual participam fragatas de nove países, recorre os mares da América em ocasião das atividades que marcam as celebrações do aniversário da independência de nações da região.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host