UOL Notícias Notícias
 

27/02/2010 - 09h19

Sobe para 78 o número de mortos em terremoto no Chile, diz Bachelet

ANSA
SANTIAGO DO CHILE, 27 FEV (ANSA) - A presidente chilena, Michelle Bachelet, informou que já são 78 os mortos em decorrência do terremoto que atingiu o país na madrugada de hoje. O número de vítimas fatais está sendo atualizado a todo instante.

Bachelet disse ainda que há um grande risco aos moradores da Ilha de Páscoa, na Polinésia. "Há o risco de uma forte onda", embora "eu não me atreva a chamá-la de tsunami", disse a chefe de Estado, sobre a localidade que fica a 3.600 quilômetros das costas chilenas e tem aproximadamente 3.800 habitantes.

Por sua vez, o Centro de Avisos do Pacífico dos Estados Unidos ampliou o alerta de tsunami a todos os países do litoral do Pacífico. México, Nova Zelândia, Austrália, Rússia, Indonésia, Japão e Filipinas estão entre as nações incluídas no novo alerta, emitido pelo Centro de Advertência de Tsunami para o Pacífico, da Administração Nacional de Atmosfera e Oceanos (NOAA, na sigla em inglês).

O abalo sísmico de 8,8 graus na escala Richter foi registrado às 3h34 locais (mesmo horário de Brasília) com epicentro próximo a cidade de Concepción, localizada a 500 quilômetros da capital Santiago.

O movimento telúrico causou graves danos materiais, como a destruição de pontes e residências, e deixou isoladas as regiões de Maule e Bío Bío. Os serviços de telecomunicações e eletricidade foram interrompidos em várias localidades. Também foi declarado estado de catástrofe no país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host