UOL Notícias Notícias
 

27/02/2010 - 18h27

Terremoto de 6,1 graus deixa pelo menos dois mortos na Argentina

ANSA
Buenos Aires

O tremor de 6,1 graus na escala Richter que atingiu regiões da Argentina, por volta das 12h locais, deixou pelo menos dois mortos na província de Salta, norte do país. 

Terremoto afeta 1,5 milhão de casas; mortos passam de 200

Um menino de oito anos morreu na localidade de La Merced, após ter sido atingido por um muro que desmoronou com o abalo sísmico. Ele foi levado a um hospital local, junto a outras duas crianças que também se machucaram, mas não sobreviveu. 

Na zona do Valle de Lerma, um homem de 53 anos também faleceu ao ser soterrado pelo teto de sua casa. A vítima residia na localidade de La Silleta, a cerca de 20 quilômetros da capital de Salta, e morreu logo após o desabamento.

De acordo com o argentino Instituto Nacional de Prevenção Sísmica, diferentemente do estimava-se anteriormente, este terremoto não foi uma réplica do abalo registrado no Chile na madrugada de hoje.

O tremor foi sentido com intensidade nas províncias de Mendoza, Córdoba, San Juan e Rio Neuquén.

No centro-sul do Chile, o movimento telúrico de 8,8 graus na escala Richter registrado às 3h34 locais deixou pelo menos 147 mortos, segundo dados oficiais. De acordo com o Instituto de Geofísica dos Estados Unidos, após o primeiro abalo outros 45 foram registrados na região.

 

  • Jose Luis Saavedra/Reuters

    Equipes de resgate procuram sobreviventes entre escombros de um complexo de apartamentos que desabou parcialmente na cidade de Concepción durante tremor que atingiu o Chile

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host