UOL Notícias Notícias
 

02/03/2010 - 17h35

Argentina espera resolver conflitos bilaterais em governo de José Mujica

ANSA
BUENOS AIRES, 2 MAR (ANSA) - A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, disse hoje que mantém a expectativa de superar as divergências com o Uruguai durante o governo de José Mujica, que tomou posse nessa segunda-feira.

"Com o companheiro 'Pepe' Mujica [na presidência], vamos poder superar os obstáculos", afirmou a mandatária.

Atualmente, Buenos Aires e Montevidéu aguardam uma sentença do Tribunal Internacional de Justiça, em Haia, a respeito da construção de uma fábrica de pasta de celulose no Rio Uruguai, que delimita a fronteira binacional.

A Argentina acusa a nação vizinha de descumprir um tratado internacional ao permitir a instalação do projeto unilateralmente.

Além disso, ambientalistas da cidade argentina de Gualeguaychú bloqueiam a ponte General San Martín, que serve de passagem entre os dois territórios, como forma de protesto, sob a alegação que a fábrica polui as águas do rio.

Para Cristina, a chegada de Mujica, um ex-guerrilheiro tupamaro, ao poder "é um acontecimento histórico e muito forte", inclusive para ela.

Ontem, durante a sua cerimônia de posse, o presidente do Uruguai manifestou a intenção de "trabalhar para ter caminhos abertos e céus claros" nas relações com a Argentina.

Desde quando foi eleito, no fim de novembro, Mujica se reuniu em mais de uma oportunidade com Cristina Kirchner.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host