UOL Notícias Notícias
 

03/03/2010 - 09h21

Vaticano confirma viagem de Bento XVI à Espanha em novembro

ANSA
CIDADE DO VATICANO, 3 MAR (ANSA) - O Vaticano confirmou hoje que o papa Bento XVI visitará a Espanha em novembro, em uma viagem internacional que se soma às demais já anunciadas para 2010 -- Malta, Portugal, Chipre e Grã-Bretanha.

De acordo com o porta-voz pela Santa Sé, padre Federico Lombardi, no dia 6 de novembro o Pontífice estará em Santiago de Compostela para a celebração do Jubileu Compostelano. No dia seguinte, ele inaugura a Catedral da Sagrada Família de Barcelona, obra inacabada do arquiteto catalão Antonio Gaudí (1852-1926).

As viagens já haviam sido antecipadas pelo arcebispo de Santiago de Compostela, Julián Barrio Barrio, e pelo arcebispo de Barcelona, Lluís Martínez Sistach.

"A presença do Pontífice em Santiago tem um grande significado na chave europeia, tendo em vista o Ano Santo Compostelano em curso. O arcebispo de Santiago havia renovado o convite durante uma audiência no Vaticano, segunda-feira passada, e o hoje lhe foi comunicada a resposta oficial", informou Lombardi.

"O convite do cardeal Sistach era precedente, e também este foi aceito oficialmente hoje", continuou. O porta-voz disse ainda que esta viagem será seguida de outra visita à Espanha em 2011, quando Bento XVI participará da XXVI Jornada Mundial da Juventude, em Madri.

Quanto à ida à catedral projetada por Gaudí, Lombardi declarou que será uma oportunidade para homenagear a grande personalidade do artista catalão, cujo processo de beatificação corre no Vaticano motivado por esta obra -- à qual o arquiteto se dedicou durante 40 anos.

Além disso, "servirá para sublinhar o diálogo entre fé e arte", continuou o religioso, lembrando um tema que recebe atenção especial do Papa. Iniciada em 1882, a construção da basílica da Sagrada Família de Barcelona tem conclusão prevista para 2026.

Esta será a segunda visita de Bento XVI à Espanha. A primeira foi em 2006, quando o chefe máximo da Igreja Católica esteve em Valença e encontrou o premier espanhol, José Luiz Rodríguez Zapatero.

O anúncio de Lombardi foi feito após a audiência geral desta quarta-feira, em que o Pontífice defendeu os ciganos e disse que a pobreza, castidade e obediência das antigas regras dos franciscanos devem inspirar os cristãos do século XXI.

Falando do Encontro dos diretores nacionais da Pastoral dos Ciganos na Europa, que ocorre nestes dias em Roma, o Papa disse esperar que "as igrejas locais saibam trabalhar juntas por um empenho sempre mais eficaz em favor dos ciganos".

Ainda hoje, Bento XVI afirmou que os "cristãos do Terceiro Milênio" são chamados a "procurar apaixonadamente Cristo" e a "se adequar inteiramente a ele", testemunhando assim que o Evangelho é "fonte de alegria e perfeição".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,84
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,35
    68.594,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host