UOL Notícias Notícias
 

11/03/2010 - 17h17

Chanceler afirma que Piñera terá relações internacionais como prioridade

ANSA
SANTIAGO DO CHILE, 11 MAR (ANSA) - O novo chanceler chileno, Alfredo Moreno, disse hoje que o país sempre teve as relações internacionais como uma de suas principais prioridades, e que seguirá sendo assim durante o governo do presidente Sebastián Piñera, que tomou posse nesta quinta-feira.

Questionado pela ANSA sobre as situações de conflito que envolvem o Chile e alguns de seus vizinhos, como o Peru, o ministro evitou tocar em assuntos polêmicos.

O Chile "tem umas relações exteriores que foram sempre um tema nacional, para o qual sempre cuidamos para que não houvesse diferenças", afirmou.

"Agora, vamos colocar ênfase [no fato de] que as relações internacionais e os tratados [de comércio] beneficiam as pessoas. Ver que todas essas coisas que foram feitas podem resultar em benefícios para o povo", acrescentou.

Atualmente, Chile e Peru mantêm uma disputa no Tribunal Internacional de Justiça, em Haia, devido ao desenho dos limites marítimos binacionais. No ano passado, além disso, um suposto caso de espionagem conturbou ainda mais as relações entre os dois países.

Viagens

Mais cedo, o chanceler havia falado sobre algumas das primeiras viagens internacionais que o novo presidente pretende fazer.

"O presidente vai viajar no mês de abril aos Estados Unidos, onde participará da cúpula sobre segurança nuclear, e também provavelmente em maio para a Europa, onde haverá a Cúpula América Latina-Europa", afirmou Moreno.

O ministro indicou que Piñera também está disposto a visitar algumas nações da América Latina, mas não adiantou qualquer data ou destino.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h50

    -0,44
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h59

    -0,20
    65.049,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host