UOL Notícias Notícias
 

11/03/2010 - 19h38

Comissão do Senado adia votação sobre embaixador do Brasil na Venezuela

ANSA
BRASÍLIA, 11 MAR (ANSA) - A Comissão de Relações Exteriores do Senado decidiu hoje adiar para a próxima semana a votação sobre a nomeação do diplomata José Antonio Marcondes de Carvalho para o cargo de embaixador do Brasil na Venezuela.

O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), que preside a comissão, acatou um pedido de vista do parecer sobre a indicação, elaborado pelo colega Renato Casagrande (PSB-ES).

A solicitação partiu do parlamentar Flexa Ribeiro (PSDB-PA). O senador explicou que quer conversar com o diplomata sobre o contexto político venezuelano. Com a decisão, foi adiada a sabatina do embaixador indicado.

Ribeiro elogiou Carvalho, mas afirmou que mantém uma posição "firme e crítica" com respeito ao governo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

"Quero saber do embaixador o que o Brasil pensa sobre as relações com a Venezuela. Temos tido de lá para cá posições hostis e de cá para lá posturas omissas", ressaltou.

Antes, no dia 25 de fevereiro, devido a uma intervenção do senador Fernando Collor (PTB-AL), o grupo também suspendeu a sessão na qual ouviria o diplomata Fernando Simas Magalhães, designado para ser o embaixador do Brasil no Equador.

Para retomar o processo das indicações, Azeredo prometeu realizar uma sessão com a presença de ambos os diplomatas na próxima semana.

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) manifestou preocupação quanto às limitações impostas à liberdade de imprensa na Venezuela. Cristovam Buarque (PDT-DF), por outro lado, disse que "quanto mais problemática uma região, mais urgente é se ter um embaixador lá", segundo declarações reproduzidas pela Agência Senado.

Cuba

A comissão também acolheu um requerimento apresentado pelos senadores Eduardo Azeredo, Flexa Ribeiro e Arthur Virgílio para prestar solidariedade aos presos políticos cubanos.

A medida foi proposta, segundo Azeredo, devido às declarações feitas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta semana, quando criticou a decisão dos presos políticos de recorrer à greve de fome como forma de protesto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,38
    3,156
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h22

    0,41
    65.277,38
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host