UOL Notícias Notícias
 

13/03/2010 - 16h00

Em Cochabamba, Morales e Mujica discutem parcerias estratégicas

ANSA
LA PAZ, 13 MAR (ANSA) - Os presidentes de Bolívia, Evo Morales, e Uruguai, José Mujica, estiveram juntos hoje em Cochabamba, na região central do país andino, e discutiram ações para incrementar os vínculos bilaterais.

Entre as iniciativas analisadas estão a compra de gás boliviano por parte do Uruguai, uso de portos e programas de cooperação na luta contra a mudança climática.

Todos estes temas foram incluídos em uma declaração conjunta assinada pelos dois mandatários, que se reuniram durante cerca de uma hora e em seguida percorreram municípios do departamento de Cochabamba.

"Ter gás boliviano é importantíssimo para o Uruguai", disse Mujica, que faz sua primeira série de visitas internacionais desde que tomou posse, no dia 1º. Antes, ele viajou ao Chile.

Segundo o texto, Morales expressou "plena disposição" para dar início às vendas de gás. Para tanto, uma comissão de integração, que terá também representantes do Paraguai, fará todos os estudos técnicos.

Também foi dado destaque, além disso, à concessão de fundos por parte da Corporação Andina de Fomento (CAF) para o estudo de viabilidade de um gasoduto que permita levar gás a Paraguai e Uruguai passando pelo território argentino.

Os dois mandatários ainda pediram "soluções coletivas e criativas" para enfrentar os efeitos do aquecimento global, o que consideraram um dos problemas mais importantes deste século.

Neste sentido, Morales convidou Mujica para voltar a Cochabamba em abril, onde se pretende realizar, no dia 22, um fórum internacional sobre a mudança climática.

No documento divulgado hoje, o Uruguai reiterou sua "solidariedade" à Bolívia quanto à demanda de obter uma saída soberana ao Oceano Pacífico e ratificou a vontade de facilitar ao país andino o uso dos portos de Montevidéu e Nueva Palmira, no Atlântico.

A declaração também fala da "necessidade de aprofundar as relações comerciais" com base em princípios de "solidariedade e complementaridade" e defende o "trabalho conjunto" para identificar oportunidades de projeto na área agrícola.

Morales e Mujica também abordaram o relançamento do bloco Urupabol, criado em 1963 e do qual faz parte o Paraguai. Outro tema presente na pauta foi o desenvolvimento da hidrovia nos rios Paraguai e Paraná, com o objetivo de "fortalecer o relacionamento econômico e o comércio" bilateral por meio do sistema fluvial.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host